Menstruação escura – O que pode ser e quando tratar

Especialista da área:
atualizado em 12/05/2021

Você já se deparou com a menstruação mais escura do que o normal? Saiba então o que pode ser e quando tratar a menstruação escura.

  Continua Depois da Publicidade  

Às vezes, o sangue menstrual é escuro mesmo e tudo bem. Mas se você notar um escurecimento anormal na cor da menstruação, é importante prestar atenção.

Além da cor diferente, ter um fluxo menstrual muito intenso também pode indicar um problema.

Sendo assim, entenda o que significa a cor escura da menstruação e quando consultar um ginecologista.

O que pode ser

roupa íntima feminina

Apesar de se assustar, o sangue escuro na menstruação nem sempre é preocupante. Aliás, mudanças na cor do sangue no ciclo menstrual são normais.

Às vezes, o sangue pode levar mais tempo para deixar o útero. Com isso, ele sofre oxidação – ou seja, reage com o oxigênio – antes de ser eliminado. E, por isso, ele acaba saindo um pouco mais escuro do que o normal ou com aspecto de borra de café.

No entanto, existem casos em que a menstruação escura tem outras causas, que podem ser:

  Continua Depois da Publicidade  

1. Doença inflamatória pélvica

A doença inflamatória pélvica é uma infecção que pode causar sintomas desagradáveis, incluindo a febre.

Além disso, quando deixada sem tratamento, a doença pode causar complicações como a dor pélvica e problemas de fertilidade feminina.

2. Objeto preso

O sangue mais escuro pode indicar que há um objeto bloqueando a vagina. Isso pode acontecer se você esquecer um absorvente interno ou qualquer outro objeto dentro da vagina.

Assim, o objeto acaba irritando o local e causando uma infecção que pode causar sintomas adicionais como por exemplo:

  • Odor;
  • Dificuldade para urinar;
  • Coceira;
  • Febre;
  • Inchaço na região.

3. Gravidez

Algumas mulheres têm um sangramento no início da gravidez – o sangramento de implantação ou nidação.

Ele ocorre por conta da fertilização e tem um fluxo baixo e cor marrom. Além disso, ele costuma ocorrer até 14 dias depois do dia da concepção.

  Continua Depois da Publicidade  

4. Infecção

O sangue escuro ou cinza durante a menstruação pode indicar uma infecção como a vaginose bacteriana ou doenças sexualmente transmissíveis. Os sintomas aos quais você deve ficar atenta são:

  • Febre;
  • Coceira;
  • Cheiro ruim;
  • Dor.

5. Lóquios no pós-parto

Existe um sangramento normal que pode ocorrer logo apos o parto ou entre 4 a 6 semanas depois do parto chamado de lóquio.

No início, o sangramento é vermelho com alguns coágulos, mas depois pode mudar de cor e se tornar um corrimento marrom, rosa ou preto.

De qualquer forma, é importante fazer um acompanhamento de rotina com seu obstetra por alguns meses depois do parto para ver se está tudo bem e tirar possíveis dúvidas.

6. Aborto espontâneo

Um corrimento escuro pode indicar um aborto espontâneo. Muitas vezes, ele é confundido com uma menstruação tardia quando a mulher não teve tempo de confirmar a gravidez.

7. Outras causas

Além das causas acima, mudanças no tom do sangue menstrual podem ser indicativos de:

  Continua Depois da Publicidade  

  • Questões emocionais que afetam o útero;
  • Alterações hormonais;
  • Menopausa se aproximando;
  • Problemas de tireoide;
  • Endometriose;
  • Mudança de método anticoncepcional.

Quando tratar

cólica menstrual

Só é preciso tratar a menstruação escura quando ela ocorre por causa de um problema de saúde.

Por exemplo, em casos de doença inflamatória pélvica, o tratamento é feito com antibióticos prescritos por um médico.

No caso de um aborto espontâneo, às vezes é necessário fazer um procedimento de dilatação e curetagem para remover os tecidos do embrião ou feto. No entanto, nem sempre ele é necessário já que os resíduos tendem a deixar o corpo da mulher naturalmente. 

Outros tratamentos possíveis, dependendo da causa, são:

  • Remédios para regulação hormonal;
  • Tratamento para endometriose;
  • Reposição hormonal para a menopausa;
  • Remédios para disfunções da tireoide.

Apesar de a maioria dos casos não precisar de nenhuma intervenção médica, se além da mudança na menstruação você observar os seguintes sintomas, procure o seu ginecologista:

  • Febre alta;
  • Tontura;
  • Ausência de menstruação por mais de 3 meses;
  • Menstruação que dura mais do que 7 dias;
  • Sangramento de escape constante mesmo usando um anticoncepcional;
  • Palidez na pele ou abaixo das unhas.

Por fim, é comum que o tom do sangue menstrual varie de vez em quando. Mas é importante estar em contato com o seu ginecologista caso você sinta sintomas adicionais ou ache que houve uma mudança significativa que precisa de avaliação.

Vídeo

A TPM pode atrapalhar bastante a vida das mulheres. Assim, se você sofre muito com os sintomas da TPM, não deixe de assistir o vídeo abaixo em que nossa nutricionista indica os melhores alimentos para essa fase do mês:

Fontes e Referências Adicionais

Você costuma prestar atenção na cor da sua menstruação? Já notou alguma mudança entre um período e o seguinte? Comente aqui!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média 5,00)
Loading...
Equipe MundoBoaForma
Sobre Equipe MundoBoaForma

Quando o assunto é saúde, você tem que saber em quem confiar. Sua qualidade de vida e bem-estar devem ser uma prioridade para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada e altamente qualificada, composta por médicos, nutricionistas, educadores físicos. Nosso objetivo é garantir a qualidade do conteúdo que publicamos, que é também baseado nas mais confiáveis fontes de informação. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados à saúde, boa forma e qualidade de vida.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário