Benefícios da pimenta do reino – Como plantar e usar

Especialista da área:
atualizado em 19/01/2021

A pimenta do reino, que é uma das especiarias mais populares no mundo, pode trazer uma infinidade de benefícios para a saúde.

  Continua Depois da Publicidade  

Mas não é só a isso que essa pimenta deve sua popularidade: Ela pode ser usada como tempero em pratos das mais diferentes culturas, ajudando inclusive a reduzir o consumo de sal.

Então, conheceremos a seguir os benefícios que a pimenta do reino pode trazer para a saúde e a boa forma, além de aprender a preparar algumas receitas com essa especiaria.

Benefícios da pimenta do reino

grãos de pimenta do reino
A pimenta do reino é faz bem para a saúde e boa forma

A pimenta do reino, também conhecida como pimenta-preta e pimenta-redonda, é oriunda da Índia, e ganhou fama em todo o mundo por trazer aroma e sabor a preparações culinárias.

Mas, além de incrementar pratos culinários, você sabe para que serve essa especiaria? Portanto vamos descobrir agora.

1. Auxilia o sistema digestivo

A pimenta do reino aumenta a secreção do ácido gástrico no estômago, o que pode favorecer a digestão, desde que a pessoa não tenha problemas prévios como gastrite ou esofagite.

Além do mais, ela também possui ação carminativa, ou seja, inibe a formação e promove a eliminação de gases do corpo de uma maneira saudável.

  Continua Depois da Publicidade  

2. Pimenta do reino emagrece

A pimenta do reino é um termogênico natural, e ajuda a acelerar o metabolismo. Mas esse efeito sozinho não leva a perda de peso, sendo apenas uma ajuda no processo de emagrecimento.

Por isso, é necessário seguir uma dieta equilibrada e uma rotina de exercícios, e assim aproveitar dos benefícios da pimenta do reino para a boa forma.

3. Ajuda no tratamento da asma e de tosse

Tal efeito se deve às propriedades anti-inflamatórias e expectorantes que as pimentas possuem, que podem contribuir com o tratamento de problemas respiratórios como a asma e alguns tipos de tosse.

Mas é sempre importante reforçar: Esses problemas de saúde não devem ser tratados somente com a pimenta. O médico deve ser consultado e as orientações dele em relação ao tratamento prescrito devem ser obedecidas.

4. Melhora a absorção de nutrientes

A pimenta do reino é rica em um alcaloide chamado piperina. A piperina melhora a absorção de alguns nutrientes no organismo, como selênio, vitamina A, vitamina C e betacaroteno.

Então, associar a pimenta do reino a uma dieta equilibrada e saudável pode ajudar a maximizar os resultados da dieta, seja na perda de peso, como citado antes, ou na correção de carências nutricionais.

  Continua Depois da Publicidade  

Pimenta do reino em grãos e moída
Pimenta do reino em grãos e moída

5. Estimula o apetite

Se por um lado, a pimenta do reino pode dar uma forcinha para quem deseja emagrecer, ela também age como um estimulante do apetite.

E apesar de isso não ser uma vantagem para quem está acima do peso, para as pessoas que sofrem por estar com o peso abaixo do ideal, essa propriedade pode ser de grande ajuda.

6. Ajuda no tratamento de artrite

Os antioxidantes presentes na pimenta do reino dão a ela um potencial anti-inflamatório importantíssimo, e ajudam no tratamento de problemas como a artrite e outras doenças inflamatórias.

Entretanto, como a pimenta pode irritar a mucosa do estômago, seu consumo deve ser feito de forma moderada.

7. Melhora o humor

A piperina, presente na pimenta do reino, possui um efeito antidepressivo importante, pois estimula a produção de serotonina, conhecido como hormônio da felicidade..

Esse efeito foi confirmado por pesquisadores chineses, que publicaram os resultados no periódico Progress in neuro-psychopharmacology & biological psychiatry, em 2011.

  Continua Depois da Publicidade  

Assim, o consumo regular, mas moderado, de pimenta do reino pode ser de grande ajuda para quem sofre com depressão, embora não seja recomendável usar a pimenta como tratamento único, mas sim como um tratamento auxiliar.

8. Boa para a saúde neurológica e combate à deficiência cognitiva

Outro efeito da piperina é a melhora da capacidade cognitiva, que pode ser muito benéfico para pessoas com algum tipo de demência, como por exemplo o mal de Alzheimer, conforme demonstrado em um artigo publicado no periódico The journal of nutritional biochemistry, em 2019.

Mas, como se trata de um estudo ainda inicial com modelos animais, é necessária uma certa cautela, já que não se sabe se o mesmo efeito ocorre com humanos.

Como plantar a pimenta do reino?

Muda da planta da pimenta do reino
Muda da planta da pimenta do reino

O primeiro passo é selecionar os materiais necessários para o plantio da pimenta:

  • Vaso fundo;
  • Terra preta;
  • Argila;
  • Areia;
  • Muda ou estaca de pimenta do reino.

Preparação da terra: Faça uma mistura composta por duas partes de terra preta, uma parte de argila e outra parte de areia. O objetivo da mistura é auxiliar a drenagem.

Como plantar:
  • Plante a muda no centro do vaso e coloque uma estaca de apoio para orientar o crescimento da planta;
  • Então, coloque o vaso em um local de sombra, porém que receba a claridade do sol. Ele não deve ser exposto diretamente ao sol pois os raios solares prejudicam a planta;
  • Regue moderadamente para manter o solo bem úmido, mas tome cuidado para não encharcar, pois isso facilita a proliferação de fungos e bactérias;
  • É interessante também fazer podas durante os primeiros quatro anos. Isso ajuda a conduzir o crescimento da planta e estimula a geração de frutos.

Conforme o amadurecimento das espigas for ocorrendo, colha cuidadosamente, tendo atenção para não quebrar os ramos ou estolões, que são os caules que crescem paralelamente ao chão.

A sua pimenta do reino poderá ser preta, vermelha, verde ou branca, uma vez que a cor depende do nível de amadurecimento e do processamento utilizado em seu cultivo.

Receita: Conserva de pimenta do reino

Ingredientes:
  • 300 g de pimenta do reino em grãos;
  • 300 g de vinagre de álcool branco;
  • 2 colheres de sopa de sal refinado comum;
  • Folhas de louro a gosto;
  • Dentes de alho a gosto.
Modo de preparo:
  • Escolha um recipiente de vidro com tampa que ofereça boa vedação e higienize bem;
  • Então, espalhe bastante óleo ou azeite nas mãos. Selecione os grãos de pimenta do reino, e lave-os em água corrente. A oleosidade ajuda a proteger os grãos;
  • Logo após, seque os grãos com um pano de algodão limpo;
  • Depois, coloque as pimentas dentro do pote de vidro limpo, arrumando-as do jeito que desejar, com o auxílio de um palito de churrasco ou outro objeto comprido;
  • Então, adicione as folhas de louro e os dentes de alho;
  • Separadamente, misture bem o vinagre e o sal e em seguida despeje a mistura até completar o frasco. Depois tampe-o;
  • Quando fechada, a conserva tem duração de até um ano.

Receita: Molho de pimenta do reino

Para aproveitar os benefícios da pimenta do reino, ela pode ser utilizada no preparo de molhos e temperos, que acompanham diversos pratos salgados.

Agora vamos aprender como preparar um molho de pimenta do reino verde:

Ingredientes:
  • 6 colheres de sopa de rum;
  • Meia xícara de chá de caldo de carne;
  • 3 colheres de sopa de azeite de oliva;
  • 1 caixinha de creme de leite;
  • Sal a gosto;
  • 3 colheres de sopa de pimenta do reino verde em grãos.
Modo de preparo:
  1. Coloque os grãos de pimenta em uma frigideira e levar ao fogo baixo. Mexa sem parar durante dois minutos ou até as pimentas ficarem secas;
  2. Então, amasse os grãos e adicione o rum. Deixe ferver durante mais dois minutos;
  3. Acrescente o azeite de oliva e o caldo de carne, e cozinhe durante três minutos, mexendo de vez em quando;
  4. Por fim, adicione o sal e o creme de leite, misture e deixe no fogo por mais um minuto, mexendo sem parar.

Cuidados com a pimenta do reino

A ingestão frequente e excessiva da pimenta do reino pode causar irritação nas mucosas que revestem órgãos como o estômago e o intestino.

Por isso, pessoas sofrem com gastrite, úlcera ou diverticulite devem evitar o consumo da pimenta.

Entretanto, em pequenas quantidades a pimenta do reino não costuma causar grandes problemas.

Veja no vídeo abaixo mais benefícios da pimenta do reino.

Gostou das dicas?

Fontes e Referências adicionais

Você já conhecia todos esses benefícios da pimenta do reino para a saúde e boa forma? Tem o costume de consumi-la com frequência? Comente abaixo.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (12 votos, média 4,67)
Loading...
Dra. Patricia Leite
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é Nutricionista - CRN-RJ 0510146-5. Ela é uma das mais conceituadas profissionais do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário

5 comentários em “Benefícios da pimenta do reino – Como plantar e usar”

  1. Eu sou uma grande consumidora da pimenta do reino,amo. Coloco no frango,ovo,carne assada,legumes,carne de porco,em saladas,sopas & caldos.Sou amante de especiarias.

    Responder
  2. Adoro usá-la em assados de porco. Uso inteiras e ficam deliciosas … meu filho de 7 anos aprovou o sabor. Grande abraço e obrigado!

    Responder