Benefícios da Mandioca – Para que serve e receitas

Especialista da área:
atualizado em 18/12/2020

A mandioca, também conhecida como macaxeira ou aipim, é uma raiz muito usada na culinária brasileira, e pode trazer vários benefícios para a saúde.

  Continua Depois da Publicidade  

A raiz da mandioca é um alimento altamente nutritivo e versátil na cozinha, podendo ser consumida cozida, frita e ensopada, além de servir como acompanhamento em uma grande variedade de pratos.

Vamos então descobrir quais os possíveis usos para a mandioca, e entender suas propriedades benéficas para a saúde.

Tipos de mandioca

Existe um tipo de mandioca, a mandioca-amarga ou brava que tem em sua composição uma grande quantidade de ácido cianídrico. Essa substância é extremamente tóxica, tanto para seres humanos quanto para animais.

Já a mandioca-mansa, conhecida como macaxeira ou aipim, não é tóxica, e pode ser consumida sem medo. Entretanto, os dois tipos são muito parecidos, o que as torna muito difícil de diferenciar apenas visualmente.

Benefícios da mandioca

Veremos agora que propriedades da mandioca de destacam para saúde e boa forma.

mandioca

1. É rica em potássio

O potássio é um mineral de grande importância para o correto funcionamento do organismo. Ele tem diversas ações no corpo, como:

  Continua Depois da Publicidade  

  • Ajuda a evitar o aparecimento de cãibras;
  • Auxilia no funcionamento do sistema nervoso;
  • Mantem o bom funcionamento do coração e dos vasos sanguíneos.

2. É rica em fibras

As fibras alimentares ajudam no emagrecimento, pois agem tanto na saciedade quanto no funcionamento do sistema digestivo, evitando constipações.

Além disso, as fibras reduzem a absorção de açúcares e gorduras durante o processo de digestão, como mostrado em um estudo publicado em 2018 no periódico Nutrición hospitalaria.

Isso torna a mandioca uma ótima aliada no controle do diabetes e da síndrome metabólica.

3. É rica em vitamina C

A vitamina C é um antioxidante natural, que ajuda na prevenção dos danos causados pelos radicais livres. Assim, o consumo regular de mandioca pode trazer alguns benefícios para a saúde, como:

  • Ação anti-inflamatória, pois leva a um melhor funcionamento do sistema imunológico;
  • Ação antienvelhecimento, uma vez que melhora a função do colágeno na pele, e previne os efeitos dos radicais livres.

4. Fonte saudável de carboidratos para diabéticos

Como é rica em fibras alimentares, a mandioca é uma boa fonte de carboidratos para diabéticos, uma vez que a sua absorção é mais lenta, e não eleva bruscamente os níveis de açúcar no sangue.

5. Ideal para dietas sem glúten

A mandioca pode ser usada em todas as suas variações por quem sofre com algum tipo de intolerância ao glúten.

  Continua Depois da Publicidade  

6. Benéfica para o coração

Por ser rica em potássio, a mandioca pode ajudar a manter a saúde do coração de dos vasos sanguíneos.

Além disso, as fibras presentes em sua composição, ajudam a reduzir os níveis de colesterol e açúcar no sangue, evitando a formação de placas de gordura nas artérias.

7. Saudável para as grávidas

A mandioca possui ácido fólico, responsável pela redução da chance de defeitos do tubo neural durante a formação dos bebês. Assim, o consumo de mandioca é uma ótima maneira de consumir ácido fólico naturalmente.

Formas de incluir a mandioca na sua dieta

Veja a seguir algumas sugestões para incluir a mandioca no seu cardápio.

Mandioca assada no forno
Mandioca assada no forno

1. Assada no forno

A mandioca frita é um dos aperitivos mais admirados pelos brasileiros. Para uma versão mais saudável, a mandioca pode ser assada, e o preparo é muito fácil:

  • Descasque a mandioca, corte em pedaços médios e cozinhe com bastante água até que esteja macia;
  • Então, após esfriar, remova as fibras centrais e corte no formato de batatas fritas;
  • Depois coloque em uma assadeira untada e polvilhe um pouco de sal e temperos ao seu gosto;
  • Em seguida adicione um pouco de manteiga ou azeite, cubra com papel alumínio e leve ao forno por 20 minutos;
  • Por fim, retire do forno, remova o papel alumínio e asse por mais 15 minutos ou até que esteja crocante.

2. Como purê

Faça purê de mandioca da mesma forma que faria com a batata, inclusive adicionando leite ou creme de leite.

  Continua Depois da Publicidade  

Você vai perceber que a consistência é um pouco diferente, mas o sabor e o valor nutricional compensam. E também você pode temperar com um toque de limão para dar mais sabor.

3. Assada na grelha

Tempere alguns pedaços de mandioca cozida com azeite, sal e pimenta a gosto. Em seguida, coloque na grelha por alguns minutos de cada lado. Então sirva como acompanhamento do churrasco.

4. Salada com maionese

Corte a mandioca cozida em cubos pequenos e tempere com a maionese da sua preferência, sal, azeite e limão. Em seguida leve à geladeira e sirva fria.

Outras sugestões de receitas com mandioca

Veja a seguir alguns vídeos da nossa nutricionista falando sobre os benefícios da mandioca.

Tabela nutricional

Porção de 100g da mandioca cozida, sem casca e sem sal.

ComponenteValor por 100g
Calorias120 kcal
Umidade68,9 g
Carboidrato total29,8 g
Carboidrato disponível28 g
Proteína0,64 g
Gorduras totais0,24 g
Gorduras saturadas0,08 g
Gorduras monoinsaturadas0,08 g
Gorduras poliinsaturadas0,08 g
Gorduras trans0
Fibra alimentar1,77 g
Colesterol0
Cálcio18,5 mg
Ferro0,07 mg
Sódio0,9 mg
Magnésio26,6 mg
Fósforo22,3 mg
Potássio99,7 mg
Zinco0,17 mg
Cobre0,01 mg
Selênio0,49 mcg
Vitamina A (RE)10,2 mcg
Vitamina A (RAE)5,09 mcg
Alfa-tocoferol (Vitamina E)0,16 mg
Tiamina0,06 mg
Vitamina B60,03 mg
Vitamina C11 mg
Equivalente de folato10,4 mcg
Fonte: Tabela Brasileira de Composição de Alimentos

Gostou das dicas?

  Continua Depois da Publicidade  

Fontes e Referências adicionais
  • An. Bras. Dermatol. vol.78 no.3 Rio de Janeiro May/June 2003 – Vitamina C

Você conhecia todos esses benefícios da mandioca para a sua saúde e boa forma? Consome com que frequência em suas refeições? Comente abaixo.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (85 votos, média 4,34)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é Nutricionista - CRN-RJ 0510146-5. Ela é uma das mais conceituadas profissionais do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition.

Deixe um comentário

29 comentários em “Benefícios da Mandioca – Para que serve e receitas”

  1. E celeste eu gostava muito de mandioca e agora então muito mais. Pois sou diabetes vou trocar. Por macarrão arroz e batata. Obrigado

    Responder
  2. Amei as informações. Consumimos muito o aipim na minha família. Gostamos tanto que cultivamos. As dicas e informações com certeza aumentaram muito meu conhecimento sobre esse incrível alimento. Muito obrigada

    Responder
  3. amei as dicas…ñ sabia…eu me interessei porque ela é boa pro coração…tenho insuficiência mitral discreta…..

    Responder
  4. Gostei muito da matéria sou de uma região que chama de macaxeira e moro em uma região que chama de madioca. Muito boa como mas cunzida.

    Responder
    • Não Imaginava, O Quanto a Mandioca Faz Bem À Saúde!!!
      “Bora” Consumir ?Mandioca?!!!
      Muito Obrigada Pela Preciosa Informação.

      Responder
  5. Concordo com tudo que foi dito. Mas nos dias atuais é aconselhavel evitar o amido, da mandioca e outros alimentos, pois tem poder de infalmar nosso organismo, não sou eu que estou dizendo , mas vários pesquisadores sobre nutrição , até o Daniel Rocha , não recomenda comer mandioca! O que pode ser feito? Tem algum estudo científico sobre o efeito negativo do amido ?

    Responder
  6. A macaxeira esta sendo muito importante na na minha dieta ,um excelente ganho de massa magra e me fornece bastante energia na hora do treino. É um ótimo alimento pra o pré treino na minha opinião.

    Responder
  7. Me parece que mandioca nāo é recomendada para diabéticos. Além disso, deveria ser alertado que farinha de mandioca e polvilho são venenos para diabéticos, paupérrimos em valor nutricional, altamente calóricos, contém apenas amido.

    Responder
    • O índice glicêmico
      Outro ponto a favor da mandioca é o índice glicêmico apresentado pelo alimento.

      Este índice trata-se de um indicativo que demonstra como cada alimento pode afetar os níveis de açúcar no sangue. Por exemplo, as comidas com índice glicêmico alto, que apresentam valor acima de 70, não são ideais para a dieta de quem tem diabetes porque são absorvidos rapidamente e causam uma elevação veloz nos níveis de açúcar no sangue.

      A boa notícia sobre a mandioca é que ela possui um índice glicêmico de 46. Isso significa que ela entra na categoria dos alimentos com índice glicêmico baixo, já que para ser classificado neste grupo é necessário apresentar um índice menor ou igual a 55. Em outras palavras, a mandioca é absorvida lentamente, sem causar um aumento súbito nos níveis de glicose no sangue.

      Leia mais http://dev.mundoboaforma.com.br/mandioca-tem-carboidrato-bom-ou-ruim-dicas/#Ei58fGSr6U32UX4c.99

      Responder
  8. Gostei do artigo, é muito educativo e a prendi como é consumida a mandioca em muitos lugares do mundo.
    Aqui em Angola tmbm é muito apreciada apartir das folhas, que chamamos de quisaka até.
    .
    A mandioca é consumida de várias formas, crua assada frita, em e pode ser feita em farinha que fazem com ela o funs, um prato muito apreciado no norte de Angola.
    .
    E o funs feito com a farinha da mandioca pode ser acompnhada com a quisaka que é a folha da mandioqueira e peixe grelhado ou carne.
    .
    Bjs

    Responder
  9. No Congo se come até a folha da mandioca. O prato se chama mpomdu e é uma delícia com peixe. Sou casada com Congolês e aprendi a fazer. No início fiquei com medo pois em MG falam que pode matar, hoje eu como sem medo.

    Responder
  10. Gostei muito do artigo. Estou grávida e substitui alguns alimentos por mandioca. Quanto a brava e que uma leitora mencionou realmente tem de ser ter cuidado mais desconheço sua comercialização por aqui no Rio.Muito grata.

    Responder
  11. Nas receitas, esqueceram da mandioca simplesmente cozida, comida aos pedaços; a sopa de mandioca (cozinhar até desmanchar e bater no liquidificador com o tempero desejado); e como doce, pode ser aos pedaços ou cozida até virar purê. Acrescente açúcar e manteiga derretida em cima. Indescritível.

    Responder
  12. A mandioca que pode causar morte ao ser consumida crua, não é a mesma que consumimos cozida.
    A mandioca que consumimos cozida a qual em algumas regiões do Brasil é conhecida como aipim e macaxeira, pode-se consumir crua e é doce até, comi muita macaxeira crua, já a mandioca que é utilizada na produção da farinha e goma para fazer tapioca, essa sim consumida crua pode levar a morte, portanto cuidado, antes de comer vejam qual tipo de mandioca.

    Responder
    • LU, VOCÊ ESTÁ COMPLETAMENTE CORRETA NESSA AFIRMAÇÃO. NO PARÁ (MINHA TERRA),A MACAXEIRA PODEMOS COMER SEM SUSTO.A MANDIOCA E PARA FAZER FARINHA, D’ÁGUA E “FARINHA SECA”E AS FOLHAS DA MANDIOCA , A CHAMADA “MANIVA” SÓ INGERIMOS DEPOIS DE COZIDA DURANTE 7 DIAS.A “MANIVA”COZIDA E IDEAL PARA PREPARAR NOSSO PRATO TÍPICO :A MANI OBA.

      Responder
      • Macaxeira, aipim e mandioca são nomes que variam de acordo com a região do pais. Existem vários tipos desta raiz e o uso delas variam. Temos que nos informar mais.

        Responder
  13. Então eu gostaria de saber sobre o Índice glicêmico da mandioca assada para cozido o valor é qual seria,pq assada deve perde um pouco dos nutrientes ou não?

    Responder
  14. Assunto abordado com bastante clareza e orientando de forma abrangente, obrigado por essa publicação maravilhosa sobre esse alimento tão saudável.

    Responder