15 Remédios para Ansiedade e Nervosismo Mais Usados

Especialista:
atualizado em 09/02/2021

Existem vários tipos de ansiedade e nervosismo que dependem das causas e dos sintomas sentidos. Os medicamentos disponíveis são geralmente indicados em conjunto com psicoterápicos para tratar transtornos de ansiedade.

Há dois tipos principais: os remédios para ansiedade e os antidepressivos. Abaixo, vamos falar sobre remédios para ansiedade e nervosismo mais usados e prescritos, além de indicar alguns suplementos que podem ser usados para tratar essa condição.

Ansiedade

Muitas vezes as pessoas não conseguem distinguir um evento de nervosismo, ao qual todos nós estamos sujeitos a passar, da ansiedade. A ansiedade é uma condição médica que precisa ser tratada com cuidado. Se os sintomas forem ignorados, é possível desenvolver condições mais graves como a depressão. Os principais sintomas da ansiedade são:

  • Palpitações;
  • Sensação de destruição iminente, ou seja, um sentimento constante de que tudo vai dar errado;
  • Dificuldade de concentração;
  • Tensão muscular;
  • Boca seca;
  • Suor;
  • Hiperventilação;
  • Desconforto no estômago.

É muito comum e normal que as pessoas sintam esses sintomas uma vez ou outra devido a situações que as deixam desconfortáveis ou nervosas como uma apresentação em público, uma entrevista de emprego ou uma visita ao médico, por exemplo. Porém, quando essas sensações se tornam constantes e começam a prejudicar o seu dia a dia, é necessário procurar ajuda e investigar as causas desse desconforto.

Causas

As causas de ansiedade e nervosismo podem ser as mais diversas. O estresse pode ser causado por diversos problemas, como:

  • Hipertireoidismo;
  • Problemas no coração;
  • Excesso de consumo de cafeína;
  • Tensão pré-menstrual;
  • Pílulas dietéticas;
  • Anticoncepcionais;
  • Anemia;
  • Diabetes.

Por isso, é necessário procurar um médico para fazer o diagnóstico correto e indicar o tratamento mais adequado.

Nomes de remédios para ansiedade e nervosismo

1. Benzodiazepinas

Benzodiazepinas são o tipo mais comum de remédios para ansiedade. Eles são tranquilizantes que ajudam a aliviar a ansiedade ao reduzir a atividade elétrica anormal no cerébro, ou seja, diminuem a atividade cerebral e desaceleram as atividades do sistema nervoso central.

As benzodiazepinas disponíveis incluem alprazolam, clonazepam, lorazepam e diazepam. É possível que o médico indique o uso de uma benzodiapina em conjunto com outros medicamentos como com um antidepressivo, dependendo dos seus sintomas.

O tempo de ação da benzodiazepina é muito rápido, aliviando os sintomas de ansiedade rapidamente. Porém, quando usado a longo prazo, a pessoa pode se tornar tolerante à substância, o que significa que as doses precisam ser aumentadas para surtir efeito, o que pode até causar dependência química. Por esse motivo, só é recomendado o uso do medicamento com acompanhamento médico e o uso a longo prazo não é recomendado.

Alguns efeitos colaterais incluem: tontura, cansaço, naúsea, visão embaçada, dor de cabeça, confusão mental e pesadelos.

2. Azapirona ou buspirona

  Continua Depois da Publicidade  

Buspirona é um medicamento antiansiedade usado para tratar ansiedade crônica. Ao contrário da benzodiapina, que tem ação rápida, a buspirona demora algumas semanas antes de começar a aliviar os sintomas. Ele age aumentando os níveis de serotonina e diminuindo os níveis de dopamina no cérebro e não tem um efeito sedativo tão forte como a maioria dos antidepressivos.

Entre os efeitos colaterais estão: tontura, dor de cabeça, náusea, nervosismo, sensibilidade à luz, excitação e problemas para dormir

3. Antidepressivos

Antidepressivos são medicamentos que ajudam a aliviar os sintomas da depressão através de regulação de certos neurotransmissores presentes no cérebro que auxiliam na regulação do humor. Eles levam cerca de 4 a 6 semanas para começar a fazer efeito. Os tipos mais comuns são os inibidores seletivos da recaptação da serotonina (ISRS) e os inibidores da recaptação de serotonina-norepinefrina (IRSN).

4. ISRS

São usados para qualquer tipo de transtorno da ansiedade. Alguns nomes de remédios para ansiedade deste grupo são Prozac, Celexa, Zoloft, Paxil ou Lexapro. Eles agem retardando o esgotamento do neurotransmissor serotonina, que tem a ver com a regulação do humor e é usado principalmente para tratar síndrome do pânico, transtorno compulsivo obsessivo (TOC) e distúrbio de ansiedade generalizado.

5. IRSN

Esses inibidores também podem tratar qualquer tipo de ansiedade, mas têm uma ação melhor para pessoas com transtorno de ansiedade generalizada. Dentre eles, temos o Eflexor e o Cymbalta.

Os principais efeitos colaterais dos ISRS e IRSN são: náusea, nervosismo, tontura, diminuição do apetite sexual, sonolência ou insônia, perda ou ganho de peso, dor de cabeça, boca seca, vômitos e diarréia.

Algumas pessoas têm dificuldade com alguns desses remédios para ansiedade e nervosismo. Por isso e pelo risco de desenvolver dependência química, é indispensável o acompanhamento médico para encontrar o tipo certo que funcione para você.

Outros antidepressivos conhecidos são a bupropiona, a amitriptilina, a nortriptilina e a imipramina. A lofepramina, imipramina e metapramina são um tipo de antidepressivo chamados de tricíclicos, que são menos prejudiciais quanto ao risco de dependência química. Apesar disso, podem ocorrer efeitos colaterais como tontura e palpitações.

4. Betabloqueadores

  Continua Depois da Publicidade  

Algumas pessoas que apresentam síndrome do pânico com sintomas como tremedeira e suor excessivo podem usar os betabloqueadores, que são remédios para ansiedade e nervosismo extremos mais usados no tratamento de doenças cardíacas. Um betabloqueador bastante conhecido é o propranolol, que atua acalmando a pessoa em um possível ataque de pânico.

5. Inibidores da monoaminoxidase (IMAO)

Também usados para o tratamento da síndrome do pânico e fobia social, atuam aumentando a quantidade de neurotransmissores responsáveis por regular o humor. Eles são geralmente usados também no tratamento da depressão e incluem a isocarboxazida, a fenelzina, a selegilina e a tranilcipromina.

Existem algumas restrições para quem usa esses remédios para ansiedade e nervosismo. Não é recomendado ingerir queijo ou vinho tinto, por exemplo. Eles também não são indicados para pessoas que usam IRSN, alguns tipos de contraceptivos, analgésicos como acetaminofeno e ibuprofeno, remédios para alergia e gripes e suplementos herbais. Isso porque a combinação de IMAOs com esses medicamento e alimentos podem elevar muito a pressão arterial causando efeitos colaterais indesejados.

Remédios para ansiedade naturais

É preciso lembrar que os remédios prescritos para tratar a ansiedade são usados para aliviar os sintomas e não funcionam como uma cura para o problema. Desta forma, é bastante interessante adotar o uso de remédios para ansiedade naturais, já que eles apresentam menos efeitos colaterais e um risco baixo de desenvolver dependência química.

1. Amêndoas

As amêndoas apresentam um alto teor de magnésio, proteínas e vitaminas que ajudam a dar sensação de saciedade e diminuir sintomas de ansiedade.

Uma dica é mergulhar 10 amêndoas em um copo de água durante a noite, remover a casca no dia seguinte e batê-las no liquidificador com um copo de leite quente. Essa bebida é ótima para relaxar, principalmente antes de dormir, e é possível incrementar a receita com gengibre e noz-moscada.

2. Banho com sais ou massagem com óleos

Se você tiver uma banheira em casa, é altamente relaxante tomar um banho quente com 1/3 de xícara de  sais como o bicarbonato de sódio ou o sulfato de magnésio com 1/3 de xícara de gengibre. Outra dica é usar óleos quentes para uma massagem relaxante. Pode ser o óleo de gergelim, de girassol, de coco ou de milho. Tais práticas ajudam a acalmar e até a reduzir a pressão arterial.

Além disso, o magnésio por si só ajuda a relaxar os músculos e acalmar o sistema nervoso através da regulação de hormônios cerebrais.

3. Aipo e cebola

Uma mistura de vegetais como aipo e cebola pode ajudar a aliviar a ansiedade. Isso porque ambos apresentam grandes quantidades de potássio e ácido fólico, que quando deficientes no organismo causam nervosismo.

4. Laranja

O aroma da laranja por si só é capaz de reduzir a ansiedade. Basta descascar uma laranja e sentir seu cheiro ou colocá-la em uma panela com água e deixar em aquecimento para dispersar o aroma. Tomar um suco de laranja com um pouco de mel também é uma boa pedida.

5. Alecrim

O alecrim tem um efeito calmante no sistema nervoso. É ótimo para aliviar sintomas da ansiedade e pode ser tomado na forma de um chá com cerca de 1 a 2 colheres de chá da erva seca para 200,0 mL de água fervente. Inalar o alecrim também pode produzir efeitos relaxantes.

6. Kava-kava

Kava-kava é um suplemento que tem diversas propriedades que incluem o efeito sedativo. É possível fazer um chá de kava-kava para aliviar a ansiedade. Pesquisadores acreditam que ela funciona ativando receptores no cérebro que acalmam a atividade neurológica e reduzindo a ansiedade.

7. Ômega 3

Um suplemento muito importante é o ômega 3, presente principalmente em óleos de peixe. Trata-se de um ácido graxo essencial para a saúde do cérebro, que ajuda a manter seu bom funcionamento e evitar sintomas de ansiedade e depressão. Ele age diminuindo as quantidades de hormônios do estresse como a adrenalina e o cortisol.

8. Camomila

A camomila tem um efeito relaxante e levemente sedativo que ajuda a aliviar sintomas de ansiedade e nervosismo. É possível tomar na forma de chá ou simplesmente inalar o cheiro da erva.

9. GABA

Um suplemento conhecido por GABA, o ácido gama-aminobutírico ajuda a acalmar pessoas com ansiedade. Ele é um transmissor cerebral que neutraliza a ação de outro neurotransmissor presente no cerébro, o glutamato, que é responsável por te deixar excitado. Quando em excesso, o glutamato pode ser o motivo da sua ansiedade.

10. Vitamina B

A deficiência de vitaminas do complexo B, principalmente a B6, pode causar sintomas como ansiedade, irritabilidade, depressão, mudanças no humor, dores musculares e fadiga. A vitamina B12 é responsável por lutar contra o estresse crônico, transtornos de humor e depressão.

Assim, suplementos de complexo B podem servir como remédios para ansiedade naturais, já que essas vitaminas ajudam a regular atividades relacionadas ao humor e estresse.

Cuidados e Dicas

O acompanhamento médico e a terapia são essenciais se você acha que está tendo sintomas recorrentes de ansiedade. Além de seguir corretamente as diretrizes e recomendações de remédios para ansiedade e nervosismo, mudanças no estilo de vida podem ajudar e muito a aliviar seus sintomas. Tais hábitos incluem:

  • Exercícios físicos: Ao praticar atividades físicas, seu corpo libera hormônios que dão prazer, o que ajuda a melhorar o humor e diminuir a ansiedade. E não há necessidade de horas de atividade. Estudos indicam que apenas meia hora de atividade física diária aliviam os sintomas da ansiedade.
  • Terapia: É muito importante procurar um terapeuta para ajudar a controlar os seus níveis de ansiedade, afastando pensamentos ruins e lhe ensinando técnicas de relaxamento.
  • Meditação: Aprender a meditar pode ser uma ótima opção para relaxar e aprender a controlar seus pensamentos.
  • Yoga: Se você não consegue meditar, tente procurar uma aula de yoga. Através de exercícios que usam o corpo e a mente em conjunto, a yoga ajuda a relaxar e aliviar sintomas de ansiedade.
  • Dieta: Tenha uma dieta balanceada. Uma dieta pobre em nutrientes pode causar sintomas de ansiedade e transtornos psicológicos, além de mau humor e cansaço. Uma boa dica é diminuir o consumo de açúcar, já que um alto índice glicêmico está relacionado com o desenvolvimento de ansiedade. Também é importante diminuir o consumo de cafeína e álcool.
  • Água: Manter-se hidratado é crucial para a saúde. E a desidratação pode causar sintomas de ansiedade. Por isso, beba água sempre que sentir sede e tome bastantes líquidos.

É importante consultar um médico para uma orientação correta sobre a sua ansiedade e nervosismo. Um tratamento adequado pode envolver também sessões de psicoterapia.

Vídeo:

Gostou das dicas?

Fontes e Referências Adicionais:

Você já precisou tomar algum destes remédios para ansiedade e nervosismo que listamos acima? Teve bons resultados com qual deles? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (106 votos, média: 3,92 de 5)
Loading...
Sobre Julio Bittar e Dra. Patricia Leite

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário

4 comentários em “15 Remédios para Ansiedade e Nervosismo Mais Usados”

  1. Os benzos e gabapentin.. pode ser também Phenibut .. os russos tomam para ir p o espaço.. Phenibut tira a ansiedade e ainda da uma animada ! Os benzia são perfeitos p relaxar a mente e o gaba , specificamente o remédio (gabapentin ) ajuda nas dores do nervos , musculares e da sensação de bem estar

    • Minha ansiedade e pânico p tomar banho me leva a loucura já tomei Oxalato escitalopran me deu tremura e agora uso diazepan e não resolve nada

Publicidade