12 remédios para afinar o sangue mais usados

Especialista da área:
atualizado em 06/10/2021

A coagulação é um processo natural que evita hemorragias em casos de lesões, mas algumas pessoas precisam utilizar remédios para afinar o sangue.

  Continua Depois da Publicidade  

Esses remédios são usados no tratamento de uma série de doenças, que podem ser temporárias, como no caso de tromboses, ou crônicas, como são algumas doenças cardiovasculares.

Por isso, a seguir vamos entender como esses medicamentos funcionam e quais são os mais comumente usados. 

Remédios para afinar o sangue

aspirina
A aspirina é um antiagregante plaquetário

O uso desses medicamentos tem como objetivo prevenir a formação de trombos, e assim evitar que o fluxo de sangue para vários órgãos vitais seja interrompido ou prejudicado.

Esse efeito é popularmente conhecido como “afinar o sangue”, mas na realidade o sangue não se torna mais fino. Ele apenas não forma coágulos com a mesma facilidade de antes.

Assim, podemos dividir os remédios comumente usados para afinar o sangue em dois grupos:

Antiagregantes plaquetários

Os antiagregantes plaquetários impedem que as plaquetas, um dos componentes do sangue, se unam para reduzir algum sangramento. São eles:

  Continua Depois da Publicidade  

Anticoagulantes

Os anticoagulantes dificultam a formação de coágulos. Os mais comuns são:

  • Heparina (Liquemine);
  • varfarina (Marevan ou Coumadin);
  • Enoxaparina (Lovenox).

NOACs e DOACs

Mas existe uma nova classe de anticoagulantes, chamados de NOACs (novos anticoagulantes orais) ou DOACs (anticoagulantes orais diretos), e os mais usados são:

  • Dabigatrana (Pradaxa);
  • Rivaroxabana (Xarelto);
  • Apixabana (Eliquis).

Indicações

A principal indicação de uso dos remédios para afinar o sangue são as doenças cardiovasculares, embora existam outros problemas de saúde que são tratados com esses medicamentos. As principais são:

Essas doenças podem aumentar a chance de formação de coágulos dentro dos vasos sanguíneos, e por isso o uso desses medicamentos é indicado. 

Mas, como esses remédios aumentam o risco de sangramento, o seu uso deve ser feito com bastante cuidado, e sempre com a orientação de um médico e de outros profissionais de saúde, quando possível. 

Remédios para afinar o sangue mais usados

remédios medicamentos

1. Varfarina

Esse é um dos medicamentos anticoagulantes mais antigos e mais usados. Mas, embora cumpra muito bem o seu propósito, pacientes que fazem uso desse medicamento devem realizar exames de sangue com frequência para garantir que a coagulação está dentro dos limites desejados.

  Continua Depois da Publicidade  

Além disso, como ela atua inibindo a vitamina K, que é necessária para a coagulação do sangue, a ingestão de alimentos ricos em vitamina K deve ser feita de forma bastante controlada.

2. Dabigatrana

A dabigatrana, ou Pradaxa, é um anticoagulante dos mais recentes, e atua inibindo a trombina, chamada também de fator de coagulação IIa. Isso a torna, em alguns casos, mais eficaz que a varfarina, pois sua ação é diretamente na coagulação.

Além disso, ela não exige a realização constante de exames de sangue, e nem de ajustes frequentes de dose, já que não há interferência da dieta no funcionamento do medicamento. 

3. Ácido Acetilsalicílico

Apesar de o ácido acetilsalicílico ser mais conhecido no tratamento sintomático de dores, de sintomas de gripe e de inflamações, ele também é indicado para prevenir a coagulação do sangue.

Entretanto, o uso como antiagregante plaquetário é feito com doses menores, e sempre com indicação médica.

4. Heparina

A heparina é um remédio para afinar o sangue injetável, e por isso seu efeito é mais rápido, em alguns casos praticamente instantâneo.

  Continua Depois da Publicidade  

Ela pode ser usada de duas formas:

  • Intravenosa, ou seja, diretamente na veia;
  • Subcutânea, ou seja, injetada logo abaixo da pele.

5. Dipiridamol

O dipiridamol (Persantin) é um antiplaquetário com efeito vasodilatador, evitando a coagulação sanguínea e promovendo uma melhor circulação do sangue ao mesmo tempo.

6. Rivaroxabana

A rivaroxabana (Xarelto), outro anticoagulante direto, age inibindo o fator Xa, o que faz com que a capacidade de coagulação do sangue seja reduzida.

7. Ticlopidina

A ticlopidina (Ticlid) é utilizada para evitar a formação de agregação das plaquetas, ou seja, ela impede a junção dessas células do sangue que participam da coagulação, e é muito usada no tratamento e prevenção da trombose arterial.

8. Acenocumarol

O acenocumarol (Sintrom) age de forma parecida à varfarina, ou seja, inibindo a ação da vitamina K e assim evitando a formação de coágulos de sangue.

E da mesma forma que com o outro medicamento, é necessária a realização de exames de sangue para verificar como anda a coagulação e para saber se é necessário fazer algum ajuste de dose.

9. Clopidogrel

O clopidogrel (Plavix) é um antiplaquetário muito usado no tratamento de síndrome coronária aguda (que inclui angina instável e infarto agudo do miocárdio), sozinho ou associado ao ácido acetilsalicílico. 

10. Apixabana

A apixabana (Eliquis) é um anticoagulante dos mais recentes que inibe o fator Xa de coagulação. Sua ação é muito rápida e o medicamento começa a fazer efeito entre 3 e 4 horas após a administração.

11. Enoxaparina

A enoxaparina (Lovenox ou Versa) é um medicamento injetável semelhante à heparina, mas que é utilizado apenas por via subcutânea, e atua evitando a coagulação do sangue através da inibição do fator Xa.

12. Edoxabana

A edoxabana (Lixiana) é um dos remédios para afinar o sangue mais recentes, e também atua inibindo o fator de coagulação Xa, prevenindo a formação de coágulos e suas complicações.

Efeitos colaterais

mulher com a mão na gengiva
Sangramento do nariz e gengiva são um dos efeitos colaterais

Por reduzir a coagulação do sangue, os efeitos colaterais desses remédios são muito parecidos entre si, variando apenas na intensidade.

São eles:

  • Sangramento no nariz e gengiva;
  • Sangramento prolongado em uma ferida ou corte na pele;
  • Urina ou fezes com sangue;
  • Vômito com sangue;
  • Ciclos menstruais intensos;
  • Hematomas;
  • Hemorragias internas, principalmente após quedas ou acidentes.

Mas além desses efeitos específicos, algumas pessoas podem apresentar outros sintomas, como:

  • Fraqueza muscular;
  • Tontura;
  • Perda de cabelo;
  • Erupções cutâneas.

Em casos de sangramento excessivo ou hemorragia, existem alguns antídotos que podem ser usados para reverter a situação. São eles:

  • Idarucizumab, usado para reverter a dabigatrana;
  • Andexanet alfa, um antídoto para os anticoagulantes que atuam no fator Xa;
  • Vitamina K, usada para reverter o efeito da varfarina e do acenocumarol.

Mas, alguns desses medicamentos são caros, e não são usados em todos os hospitais. Nesses casos, outros medicamentos são usados, de forma a estimular a coagulação sanguínea e reverter o efeito dos anticoagulantes.

Contraindicações

Alguns anticoagulantes são contraindicados para mulheres grávidas ou que estejam planejando engravidar, pois podem causar problemas de saúde nos bebês.

Nesses casos, o médico irá substituir o medicamento, e normalmente indicará o uso da enoxaparina, que apesar do inconveniente de ser injetável, é mais seguro para o bebê.

Além disso, os anticoagulantes mais recentes não devem ser utilizados por pacientes que usam válvulas cardíacas artificiais, pelo risco de formação de trombos.

E por fim, pessoas com doença renal devem ter mais cuidado com esse tipo de tratamento, seguindo à risca as orientações médicas. Isso é importante porque a eliminação do medicamento pelos rins fica prejudicada, aumentando o risco de efeitos colaterais.

Interações com outros medicamentos e substâncias

Os remédios para afinar o sangue podem interagir com diversos medicamentos, além de suplementos, ervas e alimentos. Assim, é importante consultar um profissional de saúde antes de realizar mudanças na dieta, e evitar o uso de ervas, medicamentos e suplementos sem uma orientação especializada.

A vitamina K, por exemplo, pode reduzir a eficácia de anticoagulantes como a varfarina. Assim, pode ser prudente evitar tomar suplementos de vitamina K e estar atento à ingestão excessiva de vegetais verde-escuros, como a couve, o espinafre e o repolho.

Além disso, como existem vários tipos de remédios para afinar o sangue, as interações podem ser diferentes. Dessa forma, é indicado procurar um médico ou profissional da saúde para tirar dúvidas sobre as possíveis interações medicamentosas.

Alimentos que podem ajudar a afinar o sangue

Canela pó e pau
A canela tem propriedades anticoagulantes

A alimentação saudável é importante para prevenir uma série de problemas de saúde, incluindo doenças cardíacas. Por isso, adotar uma dieta saudável pode ajudar a manter a coagulação do sangue em níveis saudáveis, principalmente com a inclusão de alguns alimentos considerados anticoagulantes naturais, como:

1. Canela

A canela contém uma substância chamada cumarina, que tem propriedades anticoagulantes. Ela também é capaz de reduzir inflamações no corpo e diminuir a pressão arterial.

2. Gengibre

O gengibre contém salicilato em sua composição, uma substância semelhante ao ácido acetilsalicílico, e que pode ajudar a prevenir a formação de coágulos. Outros alimentos que contém salicilato incluem o abacate, a cereja e algumas frutas vermelhas.

3. Cúrcuma

A cúrcuma ou açafrão-da-terra é uma especiaria rica em curcumina, uma substância que vem sendo bastante estudada, e que pode ajudar a prevenir a formação de coágulos, embora mais estudos precisem ser conduzidos para comprovar esse efeito.

4. Pimenta caiena

A pimenta caiena pode deixar o sangue mais fino por causa do seu teor de salicilatos. Ela também ajuda a diminuir a pressão arterial do sangue e a melhorar a circulação sanguínea.

5. Alimentos contendo vitamina E

Alimentos que contêm alto teor de vitamina E ajudam a manter a boa circulação do sangue. Alguns deles são:

  • Óleos vegetais (de oliva, de milho, de gérmen de trigo e de soja);
  • Tomates;
  • Mangas;
  • Manteiga de amendoim;
  • Amêndoas;
  • Sementes de girassol.

Dicas e cuidados

Os remédios para afinar o sangue são muito utilizados por pessoas que já têm um problema cardíaco ou que apresentam um risco grande de formar coágulos e ter complicações de saúde por causa deles. 

Então, alguns cuidados devem ser tomados, para evitar os efeitos colaterais e melhorar a saúde e o bem estar:

  • Como o uso exagerado desses medicamentos podem causar hemorragias graves, é muito importante seguir corretamente as recomendações médicas;
  • Além de usar o remédio prescrito, é importante cuidar da alimentação, adotando uma dieta balanceada, com a orientação de um nutricionista;
  • Por fim, evite a automedicação, uma vez que os anticoagulantes podem interagir com diversos medicamentos.

Vídeo

Fontes e referências adicionais

Você já precisou tomar remédios para afinar o sangue? Que tipo foi receitado pelo seu médico e por que motivo? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (5 votos, média 4,40)
Loading...
Sobre Marcela Gottschald

Marcela Gottschald é Farmacêutica Clinica - CRF-BA 8022. Graduada em farmácia pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) em 2013. Residência em Saúde mental pela Universidade do Estado da Bahia (UNEB). Experiência em pediatria e nefrologia, com ênfase em unidade de terapia intensiva. Ela faz parte da equipe de redatores do MundoBoaForma.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário

1 comentário em “12 remédios para afinar o sangue mais usados”